Livros considerados proibidos que fizeram sucesso

"A única forma de chegar ao impossível, é acreditar que é possível (Alice no País das Maravilhas)".
Olá pessoal, tenho sumido por um tempinho às vezes pois estou na casa de meus pais nas férias e eles tiveram que mudar e tenho que arrumar as coisas pois já já volto à faculdade, então tem sido um pouco corrido, mas estou de volta e com novidades! Estava eu navegando por sites e me deparei com alguns livros, muitos que eu já li por sinal, que são proibidos em alguns lugares do planeta, inclusive no Brasil, e resolvi trazer para vocês e gostaria de saber suas opiniões, e aí, vocês acham que esses livros devem mesmo ser considerados proibido por conta de seus conteúdos ou para você isso não faz sentido algum?

Harry Potter
  • Harry Potter” – A série de livros do “Harry Potter”, publicados no ritmo de um por ano a partir de 1997, foi o maior fenômeno moderno da literatura entre os adolescentes - e até entre gente mais crescidinha. No total, os sete títulos de J.K. Rowling venderam 400 milhões de exemplares no mundo todo. Mas não é unanimidade a afeição pelo mundo mágico de Rowling: nos Emirados Árabes Unidos, a coleção foi censurada por, supostamente, incentivar a bruxaria. No ocidente, a história dos alunos de Hogwarts foi alvo de protestos de líderes religiosos do Brasil e, nos EUA, entrou na lista das obras que receberam vetos. Algumas escolas mais conservadoras dos Estados Unidos baniram a leitura dos livros em seus domínios. Mas o sucesso seguiu o seu curso e os sete livros resultaram em oito filmes campeões de bilheteria e arrecadação.
Jogos Vorazes
  • A trilogia lançada em 2008 foi alvo de muitos protestos nos EUA por trazer elementos como violência, insensibilidade e linguagem ofensiva. Os livros estão na lista dos mais banidos por pais e educadores nos Estados Unidos, segundo dados do Office for Intellectual Freedom, da Associação Americana de Bibliotecas. Apesar disso, os livros continuam fazendo sucesso e os filmes arrecadaram bilhões de dólares.

Crepúsculo
  • “ Crepúsculo ” – A romântica - e sangrenta - história de amor entre a mortal Bella e o vampiro Edward não escapou do julgamento de pais americanos mais tradicionais. A série de livros de Stephanie Meyers , lançada a partir de 2005, está na quinta posição do relatório anual de livros proibidos nos EUA. Os romances da autora causam desconforto por, supostamente, terem apelo sexual forte e por tratarem de assuntos sobrenaturais.

As Vantagens de ser Invisível
  • As Vantagens de Ser Invisível” – Lançada em 1999, a obra do autor americano Stephen Chbosky, de 42 anos, está há cinco anos consecutivos na lista de livros que foram banidos ou protestados em bibliotecas americanas. O pecado de "As Vantagens" é tratar abertamente de sexualidade e drogas. Ainda assim, o título se tornou um best-seller, marcou a geração do fim dos anos 1990 e ganhou, neste ano, um filme com Emma Watson, de “Harry Potter”, em seu elenco.

Alice no País das Maravilhas
  • Alice no País das Maravilhas, ano de 1865: os personagens absurdos e adoráveis de Lewis Carroll estão no imaginário das crianças de todo o mundo, com exceção da China. Lá do outro lado do mundo, o livro do matemático que narra os encontros e diálogos da protagonista Alice com o coelho apressado, o gato de Cheshire, a lagarta fumante e toda sorte de personagens fantásticos, foi banido por dar aos animais as mesmas qualidades que os homens e colocá-los no mesmo nível.

50 Tons de Cinza
  • O best-seller da autora britânica E. L. James também sofreu por narrar cenas calientes – muitas vezes consideradas pornográficas! Mesmo tendo vendido mais de 40 milhões de cópias em todo o mundo, a obra foi banida das prateleiras da Flórida, Geórgia e Wisconsin, nos EUA. Até mesmo no Brasil a publicação sofreu censura: na cidade de Macaé, no norte do Estado do Rio de Janeiro, a trilogia foi proibida.

O Apanhador no Campo de Centeio
  • O Apanhador no Campo de Centeio” – O clássico de J. D. Salinger foi lançado em 1951 e se tornou o queridinho dos adolescentes. A história de Holden Caulfield, o garoto rebelde que foge do colégio interno para passar alguns dias fazendo o que bem entende em Nova York, no entanto, não agradou tanto os pais e logo se tornou alvo de protestos. As acusações? Linguagem chula, prostituição e, supostamente, incitar a rebeldia. Algumas bibliotecas do interior dos EUA tiveram que retirar as cópias de “O Apanhador” de suas prateleiras. Se tornou leitura obrigatória e transformou o recluso autor, que desde o sucesso do livro se escondeu do público - até sua morte, em janeiro de 2012 - em uma lenda.

37 comentários. Clique aqui para comentar também.:

Diana Canaverde disse... [Responder comentário]

Menina que é isso... proibições bobas desse povo ein... o pior em minha visão foi crepúsculo, pois disseram que tinha apelo sexual não sei da onde rsrsrs. Fontes sobrenaturais, desde os tempos passados do meu avô já tinha esse tipo de coisa.... cada viu.... mas enfim foi bom saber dessas questões menina... eu acho ridículo os países impedirem esse tipo de leitura... por causa de preconceitos bobos como se as pessoas fosse um bando de santas inexperientes.... Adorei a postagem foi super legal. Xero!!!!

http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

Helena Dias disse... [Responder comentário]

Genteeeee, eu fiz uma postagem parecida no meu blog!! hahahaha...

Gostei muito dos livros que você colocou porque diferem um pouco dos que eu coloquei. Adorei mesmo!!

Dá uma olhada na minha, se puder e quiser: http://cafecomlivroo.blogspot.com.br/2014/01/os-15-livros-proibidos-que-nao-podem.html

Beijos
http://cafecomlivroo.blogspot.com.br

Mayla Henrique disse... [Responder comentário]

Oie,

Acredita que desses livros proibidos eu só li Crepúsculo e nem todos, ai que vergonha, morro de vontade de ler HP, todos falam que são bons, mas não tenho dinheiro, para comprar né, Alice no país das Maravilhas, morro de vontade de ler o livro, pois já assisti o desenho, quase assisti o filme, mas não deu certo acho que vou amar ter na minha estante esse livro.

Mayla
http://meulivromeutudo.blogspot.com.br/

Fernanda Brandalise disse... [Responder comentário]

Eu gosto de todos esse livros, mas consigo entender porque algum deles foram banidos de escolas como, por exemplo, "Jogos Vorazes" e "Vantagens de ser invisível". São livros muito bons, mas tratam de temas muito pesados.
Beijos

http://diariosdeumafangirl.blogspot.com.br

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Muito né? Não faz sentido algum algumas delas. Tbm acho, crepúsculo foi demais! kkkkkk não sei onde viram o apelo sexual :P
Isso é verdade, alguns países agem como se todos fossem santinhos inocentes kkkkk
Que bom que gostou!
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Que legal! Pode deixar que vou ir ver siim!
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Sério que vc não leu HP :O
kkkkkk bom, antes tarde do q nunca né, leia eles qndo der, são ótimos e apaixonantes!
Alice eu já li qndo peguei na biblioteca da minha cidade, mas pretendo comprar ele ainda, esse aí q coloquei acho ele lindo!
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Mas ainda assim eu acho frescura, acho q ler um livro desse as crianças veem q é algo irreal, e tbm a maioria das pessoas que leem esses livros são adolescentes não mais crianças, e já sabem diferenciar o certo do errado né.
Beijo!

Lí Correia disse... [Responder comentário]

De todos eu só li Jogos Vorazes, Paty! Amo demais e Harry Potter e As Vantagens de ser Invisível está na minha lista de metas desse ano (Finalmente vou começar HP! ).
Mas essas proibições são meio que são frescura né? Jogos Vorazes por se tratar de revolução e As Vantagens de ser invisível pelo tema ser polêmico, mas isso não se condiz pra proibir completamente a leitura :P
Beijos!
livros-com-pipoca.blogspot.com.br

Helaina_One disse... [Responder comentário]

Oi! ^^
Bom, segundo essa lista já li livros proibidos então!! >.<

Eu não acho certo fazer isso. Acho que deve haver nos livros uma discrição de seu conteúdo (para que você não seja pego de surpresa com conteúdo que não gosta). Mas proibir além de ser um ato de autoritarismo só gera uma vontade ainda maior de conhecer o proibido.

Talvez crianças e adolescentes precisem de um guia (geralmente os pais) para aprender a discernir real de fantasia já que ainda estão em crescimento e é natural que confundam as coisas. Mas nem os adultos podem ler os livros proibidos. Isso é dizer na cara da pessoa: você é um incapaz. Nós vamos dizer o que você deve ou não fazer.

Quando falam da proibição de Harry Potter por incentivar a bruxaria, vejo logo que isso parte de alguém que não leu os livros. Quem tem conhecimento da obra sabe que a magia passou a ser mais um pano de fundo do que tema principal, né?!

Adorei o post!! ^^
Beijusss;
http://hipercriativa.blogspot.com.br/

mariana lima disse... [Responder comentário]

Eu acho muito ridiculo essa coisa de proibir livros, não acredito que eles possam influenciar em alguma coisa. Cada um escolhe o caminha que quer tomar. E pelo amor de Deus HP incentivar a bruxaria? Mas fazer o que, cada pais com a suas manias né.
Facebook: Teorema de Mary
Blog: Teorema de Mari

Dany disse... [Responder comentário]

Muitos ai eu nem fazia ideia que tinha sido proibidos.
Dos citados, tenho muita vontade de ler O Apanhador no Campo de Centeio.
Beijos.
http://detudoumpoucodany.blogspot.com.br/

Carlos Magno Silva disse... [Responder comentário]

É relativo a questão de proibição de livros. Cada país/local tem sua cultura e de forma alguma aceitaria outra que "batesse de frente" com seus interesses, como na questão de Harry Potter mesmo. Porém, eu concordaria bastante se 50TDC fosse proibido no Brasil (nada contra quem lê/gosta). huahauahau

http://cantinadolivro.blogspot.com.br

Aline Coelho disse... [Responder comentário]

Que interessante essa sua pesquisa, não sabia. Dessa lista já li quase todos menos a série 50 tons de cinza e o apanhador no campo de centeio. Mas os outros li e adorei.
Acredito que essa questão de proibir só desperta a curiosidade e ajuda a divulgar os livros. O mais lógico seria permitir ler e usar os mesmos ara debater o que é bom, o que é ruim e o que é ficção e o que é realidade.
Para mim conversas resolve mais do que proibições!!!
Bjos

Leituras, vida e paixões!!!

Inês Gabriela A. disse... [Responder comentário]

Não fazia ideia que esses livros tinham sido proibidos, curioso, MUITO curioso, hahahah. Mas eu choquei com isso de Alice no país das maravilhas, acho eles uns sem coração, animais são maravilhosos e merecem nosso respeito u.u

memorias-de-leitura.blogspot.com

Kel Araujo disse... [Responder comentário]

Estou me sentindo a pessoa mais ilegal do mundo HUAHUAHUAHAUHUA. Já li todos esses livros, exceto 50 tons que só li o primeiro. A história de Alice eu conheço, mas não li especificamente essas edição que vc colocou aqui no post =P.

beijos
Kel
www.porumaboaleitura.com.br

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Aee, até q enfim vai começar HP heeim! kkkkk Muita frescura né? Ainda mais porque tudo o que é proibido dá mais vontade ainda de fazer, eles acabam dando mais chances do livro virar um grande sucesso. E tbm acho q livros nunca devem ser proibidos né.. Mas fazer oq, é triste saber q tem lugares que pensa que proibir é o melhor.

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Somos todos foras da lei u.u kkkkkkk tbm não acho nem um pouco certo! Realmente, as pessoas tem q saber oq estão lendo e os pais tem que saber se certas leituras são apropriadas à idade da criança em questão, mas tbm acho super errado proibir, livros nunca devem ser proibidos, quanto mais melhor! O certo é ensinar as crianças desde cedo a diferenciar o que é realidade do que é ficção como vc disse. Realmente, HP fala de um oundo totalmente novo e diferente, e não tem nada haver com bruxaria, a única coisa que tem haver com isso é que é um mundo de bruxos, mas q de bruxaria não tem nada.
Que bom que gostou!
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Tbm acho ridículo. Acho que apenas os pais, com crianças pequenas devem estar atentos ao que seus filhos leem, pois crianças ainda não sabem diferenciar ficção de realidade, mas num certo momento irão adquirir a mentalidade de diferenciar as coisas, e com a proibição desses livros, que eu acho pelo menos que são inocentes, serão proibidos de os ler, como se chamassem as pessoas de "trouxas" pensando que não saberão diferenciar as coisas, mas vai entender né!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Acho que isso é novidade para muita gente né! Tbm tenho muita vontade de ler ele, um dia chego lá, são tantos na lista! kkkkk
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Tbm acho, mesmo não vendo muito sentido nessas proibições, a não ser 50TDC como vc mesmo disse kkkkk (tbm não tenho nada contra). Eu acho HP um livro tão inocente, eu leria para meu filho pequeno sem o menor problema, não vejo nada de bruxaria nele, acho que isso passa muito longe da questão central do livro. Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Que bom que gostou! Tbm não li esses ainda, e 50TDC tbm não pretendo ler tão cedo kkkk minha lista está bem grande, e não é o tipo de livro que gosto. Realmente, essas proibições só nos dão mais vontade de ler os livros, só desperta a curiosidade e como vc disse, ajuda a divulgar os livros. Tbm acho que na conversa se resolve tudo, não acho que é necessário fazer proibições.
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Muito curioso mesmo né? hahaha Alice foi demais, muita loucura proibir um livro como esse! Animais são bem melhores do que muita gente por aí, muita loucura proibir o livro por isso.
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Somos todos um bando de leitores fora da lei u.u kkkkkk
Achei loucura proibir os livros da Alice por causa dos animais! Mas fazer o que né, cada país com sua loucura! kkkkk
Beijo!

Alessandra Tapias disse... [Responder comentário]

Os livros proibidos são os melhores, rsrsrs.
As Vantagens de Ser Invisível eu entendo porque foi proibido numa época complicada, mas enfim, agora isso é bobagem

Amei o post!!!!

Lelê Tapias
http://topensandoemler.blogspot.com.br/

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Realmente, são os que nos dão mais vontade de ler! kkkkk Agora tbm acho bobagem proibir ele, no passado até concordo tbm, mas os tempos mudaram né!
Beijo!

Taty Assis disse... [Responder comentário]

Não acredito, acha gente proibir esses livros... São livros tão bons!
Fiquei revoltada hahaha
Não sabia dessas proibições, triste né...
Adorei o post!
Beijos,
http://aculpaedosleitores.blogspot.com.br/

ludmillaneres disse... [Responder comentário]

Estou me sentindo uma badgirl porque li (ou tenho vontade de ler) todos.
Muito legal seu post!
http://tears-inthedark.blogspot.com.br/

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Muito triste né, e estranho tbm! kkkkk Mas fazer o que, cada país com suas loucuras né! hahaha
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Somos todas badgirl heeim! hahaha #mesentindocriminosa :P
Obrigada, fico feliz que tenha gostado!
Beijo!

Ana Maria Ana disse... [Responder comentário]

Nossa, Alice essa eu nem se quer imaginava.
Amei o Post
Beijos.

Ana Maria - http://okaygrandesobsessoes.blogspot.com.br/

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Muito loucas essas proibições né? hahahah Que bom que gostou! :)
Beijo!

Nik Chan disse... [Responder comentário]

Mio dio Harry Potter proibido? 50 tons eu ate entendo, mas os outros nem tanto shuahsuahsa

Ainda bem que nenhum deste é proibido aqui.

bjo bjo

Paradise Books || @ParadiseBooksBr

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Muito loucas essas censuras né? Como vc disse, 50TDC até dá para entender, mas os outros é muita loucura! hahahah
Beijo!

Lerissa Kunzler disse... [Responder comentário]

Interessante, sobre alguns desses eu não sabia. Algumas censuras até são bem compreensíveis, mas algumas são meio sem sentido. hehehe Penso que mesmo que o livro não seja bom, sempre dá para tirar alguma lição positiva.
Beijos, Lery. :D
lerissakunzler.blogspot.com.br

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Na verdade a maioria é meio sem sentido né! kkkkk Mas cada louco com sua loucura, acho um pouco errado proibir a leitura de livros, acho que os pais devem saber aconselhar e dar aos filhos livros que correspondem à idade deles né :P
Beijo!

Laodiceia Afia Refino disse... [Responder comentário]

eu queria muito ler todos assistir todos mas agora quero ler e eu não sei aonde compra e nem tenho dinheiro alguem poderia passar algum site pra mim ver PFV

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Topo