A verdadeira história da Bela Adormecida de Giambattista Basile

"Depois de nove meses, Tália deu à luz à um menino e uma menina, que, guiados por duas fadas que apareceram no palácio, foram por elas colocados nos seios da mãe.".
Olá pessoas! Hoje trago para vocês a história real da Bela Adormecida ou Tália como é chamada no conto de Giambattista Basile.
A história que todos conhecemos nos filmes da Disney é baseada no conto dos irmãos Grimm que se inspiraram na versão "Sol, Lua e Talia" de Giambattista Basile extraído de Pentamerone, onde a primeira versão foi publicada na data de 1634. Existe também a versão do escritor francês Charles Perrault publicada em 1697, no livro Contos da Mãe Ganso sob o título de A Bela Adormecida no Bosque, que por sua vez também se inspirou no conto de Basile. Então pelas pesquisas que fiz, acredito que a primeira versão foi escrita por Basile e era chamada de "Sol, Lua e Talia", se alguém souber algo diferente é só dizer nos comentários!
Bom, vou tentar resumir o conto de Basile, ele não é grande, por isso vou disponibilizar o download aqui da verão de Basile para quem se interessar poder lê-la completa.

"Quando a filha de um grande senhor nasceu, ele a nomeou de Tália e chamou todos os sábios e adivinhos para que dissessem sua sorte. Eles acabaram revelando que ela corria um grave perigo devido a uma farpa de linho, então o rei proibiu que qualquer coisa relacionada à linho entrasse no castelo.
Só que quando Tália já estava crescida, ela viu uma velha que fiava, e como nunca tinha visto nada parecido, ficou entusiasmada de conhecer aquela máquina de fiar e o tecido, então chamou a velha para lhe mostrar como se fazia, e uma farpa acabou lhe entrando na unha e ela caiu morta no chão. A velha fugiu, e o rei acabou deixando o corpo de sua filha sobre uma poltrona de veludo e após ter cerrado a porta, foi embora para tentar deixar aquela lembrança para trás.
Algum tempo depois, um príncipe andava por aqueles lados e acabou entrando no palácio após chamar e não obter resposta alguma. Quando chegou ao quarto onde estava a bela moça adormecida como se estivesse encantada, tentou acordá-la, mas como não obteve resposta e como estava excitado ao ver tanta beleza acabou colhendo dela os frutos do amor (se é que vocês me entendem).
Depois de nove meses, Tália deu à luz à um menino e uma menina, que, guiados por duas fadas que apareceram no palácio, foram por elas colocados nos seios da mãe. E uma vez que as crianças, querendo mamar, não encontravam o mamilo, puseram na boca justamente aquele dedo que tinha sido espetado pela farpa e tanto o sugaram que acabaram por retirá-la. Tália então despertou, e se apaixonou ao ver aquelas lindas crianças, mas não entendia como tudo aquilo aconteceu, e como aparecia comida no quarto sem que não tivesse ninguém por lá.
Um certo dia o rei se lembrando da aventura com a moça, acabou voltando para ver como ela estava, e a encontrou desperta e com as duas crianças, que as chamou de Sol e Lua e contou tudo o que aconteceu à Tália, prometendo voltar para levá-la para seu reino, e tudo o que fazia daquele dia em diante, nunca se esquecia de Tália e das crianças.
A mulher do rei começou então a suspeitar que o marido estivesse com uma amante, então pediu para seu secretário descobrir o que estava acontecendo que aí ela o faria rico, o rapaz então contou tudo à ela. A rainha então mandou o secretário ir procurar Tália e dizer que tinha ido em nome do rei que queria que ela mandasse seus filhos, pois estava com saudades, a moça então fez isso, mas quando as crianças chegaram ao castelo, a rainha ordenou ao cozinheiro que os degolasse e preparasse com eles diversas iguarias e molhos para dar de comer ao pai.
O cozinheiro tinha bom coração, e no lugar das crianças preparou dois cabritos e deu de comer ao rei, que depois de deliciar-se foi dar uma volta pelo reino. Sua esposa, que acreditava ser os filhos dele, ficou satisfeita após o marido ter comido tudo.
A rainha ainda não satisfeita com o que fizera, mandou o secretário ir chamar Thália dizendo que o rei a esperava. Elaa então foi e ao chegar lá se encontrou com a rainha, que disse umas coisas bem feias e mandou acender uma fogueira e jogar a pobre moça nela.
Depois de muitos gritos e choro o rei voltou e encontrou aquela bagunça, perguntou o que estava acontecendo e chamou pelos filhos, a rainha disse à ele que o tinha feito comer as próprias crias. O rei revoltado, mandou jogar a rainha, o secretário e o cozinheiro no fogo, mas este último se ajoelhou e disse que não tinha cozinhado as crianças, o rei ficou feliz e prometeu mil coisas ao cozinheiro, que trouxe as crianças e todos se abraçaram e se beijaram. O rei então tornou Tália sua rainha, a qual gozou uma longa vida com o marido e os filhos, aprendendo que de um modo ou de  outro:
                          
"aquele que tem sorte, o bem mesmo dormindo, obtém". 
 

Bom, é isso então pessoal, espero que tenham gostado, eu resumi beeeem a história, então para quem se interessar vou colocar a história aqui em pdf para download. E aí, o que acharam da história? Um pouco sombria não? kkkkkk Me digam o que acharam, adoraria saber suas opiniões!


NÃO ESTOU CONSEGUINDO COLOCAR O LINK PARA O DOWNLOAD, QUEM QUISER O CONTO COMPLETO DEIXA O EMAIL NOS COMENTÁRIOS OU ME MANDA POR MENSAGEM QUE ENVIO ASSIM QUE POSSÍVEL! OBRIGADA!

56 comentários. Clique aqui para comentar também.:

Dilma Helena Bastos de Medeiros disse... [Responder comentário]

E muito curioso que a historia, seja diferente da que todo mundo, conhece.Vou conferir, ok.

Jaqueline Estevao disse... [Responder comentário]

Adorei.. esta disponível aqui em pdf?.. quero ler inteiro...já existe um livro chamado a verdadeira história dos contos de fadas.. e a história é bem parecida com essa mesmo... principalmente no que tange a Bela Adormecida ter sido acordada por seus filhos esfomeados .. concebidos por um estuporo..Se estiver disponível aqui.. ou se vc ainda tiver o arquivo me envie por e-mail que lua@hotmail.com

Gabriel Luan disse... [Responder comentário]

Patrícia! Não achei a história tão diferente da contada pelas pessoas, apenas o final. Mas fica uma dúvida: o príncipe teria estuprado Tália? Achei essa parte (e a que ela deu à luz dormindo) muito estranha.
Bjs, leemporai.blogspot.com

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Achei diferente também da história que nos contam quando crianças, e um pouco macabra tbm né! Mas eu gostei bastante!
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Que bom que gostou! Eu disponibilizei ali no final, é só clicar em "Sol, Lua e Tália" que o download começará. Mas nesse arquivo só tem o conto da Bela Adormecida, que tbm não é grande, tem 3 páginas só. Conheço outras versões da história tbm, mas sem dúvidas essa é a mais assustadora. Vou te mandar por e-mail então!
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Olá! Aaah eu achei um pouco diferente sim, não tem no início as 12 fadas convidadas, e uma que não e amaldiçoa a princesa, ela realmente foi estuprada pelo rei, nas versões italianas e de Basile ela é estuprada, já nas outras não. Acho que no conto Basile não quis colocar a palavra "estupro" (leia a história inteira que vc entenderá). E tbm no conto infantil ela não dá a luz a dois filhos que lhe retiram a farpa e quase são servidos de comida ao próprio pai. Acho que essa história não poderia ser contada as crianças né kkkkk
Beijo!

Jackeline Helen disse... [Responder comentário]

Uau! Bem diferente dá que conhecemos (da Disney), hein? Gostei dessa versão, mas acho que um conto de fadas aonde o príncipe "estrupa" a princesa não é muito recomendado para crianças, sem contar as outras pessoas que foram cozidas! Nem sei se isso pode ser considerado um final feliz hahaha.

Jacke Helen
☁ http://colecaodenuvens.blogspot.com.br/

ludmillaneres disse... [Responder comentário]

Adoro essas versões! Certa vez comecei a ler uma, também da Bela, em que o Príncipe a usa como escrava sexual. Tipo??? Adeus, infância pura e inocente. Gostei muito dessa.
Finalmente respondi sua tag. Confere lá!
beijos
http://eu-ludmilla.blogspot.com.br/

Carol Teles disse... [Responder comentário]

Fiz um trabalho uma vez sobre contos de fadas para a faculdade. Essa coisa muito romântica que conhecemos hoje em dia em nada se parece com os escritos originais. A ideia do conto de fada de início era aplicar uma lição de moral na base do medo, hoje em dia é da sugestão.
Claro que é bem mais leve e simpática, e até bonitinha. Eu pessoalmente sempre gostei da realidade, portanto, do original.
Adorei sua postagem! Bem esclarecedora.

bjus
terradecarol.blogspot.com

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Bem diferente mesmo né? kkkkk E tbm acho q não é nem um pouco recomendado para crianças, deixem eles viverem suas infâncias puras por enquanto kkkkk Com certeza não é o final feliz que esperávamos né?
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Amo demais tbm essas versões! *-*
Ixii essa da escrava sexual eu não conhecia kkkkk sinistro :O
Pode deixar que vou conferir sim !
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Não parecem mesmo, são totalmente distorcidas as história para parecerem contos infantis que ensinam alguma coisa, mas com esses aí não se pode aprender muita coisa né? kkkkk apenas como vc disse, aplicar a lição de moral através do medo. Eu tbm prefiro bem mais a realidade e os contos mais antigos.
Beijo!

Diana Canaverde disse... [Responder comentário]

Oi flor... saudades de seu cantinho viu... desculpe pelo meu sumiço... mas muitas coisas aconteceram e eu não estava conseguindo ir aos blogs realizar visitas e comentários... Eu gosto muito de fazer isso e fiquei muito sentida pelo fato de não conseguir... MAs prometo que não vou sumir de novo tá??? Gostei muito dessa parte da história da bela adormecida... porque os contos de fadas como já se diz os nome é apenas um conto e conhecer o que há por trás deles é o mais interessante... Por isso que tem umas versões adaptadas que gosto muito... Xero!!!

http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

Por mais uma disse... [Responder comentário]

Adorei o artigo.
Esses dias estava lendo a história da "Elsa" de Frozen (que na verdade nem é Elsa), muito bom reler alguns contos de fadas. haha



http://pormaisuma.com

Aline Coelho disse... [Responder comentário]

É sempre interessante saber a origem das histórias que conhecemos.
Beijos

Leituras, vida e paixões !!!

Isabela Marcos disse... [Responder comentário]

Já tinha escutado essa versão e achei bem assustadora.
Aqui você foi indicada para uma tag lá no blog, espero que goste.
http://heybooks.blogspot.com.br/2014/05/tag-conhecendo-blogueira.html
Caso já tenha respondido essa tag desconsidere...
beijos

Mirelle Marques disse... [Responder comentário]

Oi Paty!

Essa estória é sombria mesmo! Muitas coisas tensas aconteceram! Antigamente eram todas assim né? rsrsrs Gostei muito de saber sobre a estória original! Curti bastante o post!!

Beijinhos
Mirelle - meumundoemtonspasteis.com

Desbravadores de Livros disse... [Responder comentário]

Bem sombria mesmo. Obviamente, adorei. Vou baixar o pdf. rs

M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Maio

Joana Masen disse... [Responder comentário]

Oi Patrícia,
acho interessante buscar as origens dessas estórias que nos acompanham desde sempre. É bacana conhecer outras versões, inclusive, as que vêm sendo escritas mais recentemente, dando uma visão mais moderna das fadas.
Bjos!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Olá! Eu tbm estava com saudades do seu cantinho! Também dei uma sumidinha, mas sempre volto! kkkkk É ótima essa história mesmo né? Adoro ver outras versões que são bem mais realistas e macabras :P
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Obrigada, fico feli que tenha gostado! Eu tbm adoorooo reler os contos de uma maneira mais "real" né? :P
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Adoro também conhecer melhor essas histórias Aline!
Biejo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Muito mais macabra se comparada com a que ouvimos quando crianças né? kkkk Obrigada pela indicação, pode deixar que vou lá ver!
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Olá Mih! É mesmo bem assustadora né? kkkkk Mas eu gosto mais dessas versões originais, só não aconselho a ler para crianças né? kkkkkk
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Sombria mas muito boa né? kkkkk Baixa sim, é bem curtinho, mas tem mais detalhes do que eu escrevi aí.
Beijo!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Olá! Adoro também acompanhar essas histórias, só não aconselho a ler para crianças né kkkkk
Beijo!

Jey disse... [Responder comentário]

Ola, por gentileza poderia me mandar o conto completo. adorei.
janejca@gmail.com

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Ele está para download no final da resenha, é só clicar que o download é direto.
Mas pode deixar que mandarei para você mesmo assim.
Beijo!

Bruno oliveira lima disse... [Responder comentário]

ola patricia boa tarde gostaria de saber se vc sabe aonde posso encontrar ou baixar o livro que conta a verdadeia historia da bela adormecida aonde ela e estrupada e tenhe filhos des de ja agradeço

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Olá Bruno! O download da história inteira está ali embaixo depois da resenha, tem a última imagem e embaixo dela está escrito "Sol, Lua e Tália" é só clicar em cima que o download é feito. É rapidinho e está em pdf!
Espero que leia e que goste da história, é muito diferente da original.
Beijo!

luyza rodrigues disse... [Responder comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
luyza rodrigues disse... [Responder comentário]

Olá Patricia! gostei muito se seu blog e desse conto da Bela Adormecida, mas eu gostaria que você pode-se dar uma olhada:
http://estandedeumafuturaescritora.blogspot.com.br/

Gabriela Motta disse... [Responder comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
Dicas da Luiza disse... [Responder comentário]

Só eu que me lembrei de Tália de Percy Jackson? (Hehe)

Dicas da Luiza disse... [Responder comentário]

Só eu que me lembrei de Tália de Percy Jackson? (Hehe)

Uma mulher vitoriosa disse... [Responder comentário]

Eu não consegui baixar o arquivo, poderia encaminhá-lo para meu e-mail: daiane.professora.lp@gmail.com

Daia disse... [Responder comentário]

o download não está acontecendo.

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

@Daia Olá Daia, me mande seu email por aqui ou por mensagem no ícone contato do menu, que te envio assim que possível! O google não está permitindo que eu coloque o conto aqui, toda vez dá erro.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Olá Patrícia, poderia mandar o download para o meu e-mail: jislaine.nx0@gmail.com

Ca.C. disse... [Responder comentário]

olá patrícia, por favor me envie o arquivo: camilla.carnevale@gmail.com

B@rro$ disse... [Responder comentário]

Olá, ouvi falar desse conto em um PODCAST, se vc ainda o tiver por favor me mande... desafiodocelinho@gmail.com
Obrigado

Ingreth Tuanny* disse... [Responder comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafaela Famelli disse... [Responder comentário]

rafaelafamelli@hotmail.com

Unknown disse... [Responder comentário]

Gostaria muito de ler essa obra de Basili, por favor, se puder me evia o link, ou a historia completa. Camilapoletto@gmail.com
Obrigada.

Camila Poletto disse... [Responder comentário]

Gostaria muito de ler essa obra de Basili, por favor, se puder me evia o link, ou a historia completa. Camilapoletto@gmail.com
Obrigada.

Paulo Franklin Nogueira Camargos disse... [Responder comentário]

paulofranklin100@hotmail.com Me enivie por favor!

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

Já encaminhei o arquivo à todos que me pediram! Obrigada pela visita e voltem sempre!

luana karla disse... [Responder comentário]

Eu Queroo ler A Hodtoria Completa Manda Por Favor o Link Luakarlinha@hotmail.com

Anônimo disse... [Responder comentário]

Gostaria mt de ler, por favor me envia!!! enioallyson@gmail.com

Unknown disse... [Responder comentário]

imanueltex@yahoo.com.br

J. disse... [Responder comentário]

Olá!! Pode me enviar por email, por favor?
jessica.meteoro@gmail.com.
Mas qual foi a fonte desse texto completo? Achei uma outra versão, nesse site, em inglês, que contém todas as histórias do Pentamerone.

https://www.gutenberg.org/files/2198/2198-h/2198-h.htm#chap29

Nele essa parte do contato com o príncipe é diferente, ele apenas admira a beleza de Talia e depois duas crianças curiosas invadem o castelo (que não são seus filhos) e chegam nos aposentos em que ela dormia. Um deles brinca de morder o dedo dela e a farpa acaba saindo, acordando-a.

Abraços!

Unknown disse... [Responder comentário]

Oi eu fiquei muito curiosa sobre essa história queria ler ela por inteira, você pode me mandar por e-mail?
vitoriaconceicao_11@hotmail.com
Se você conseguir ficarei muito feliz

Anônimo disse... [Responder comentário]

peks94@hotmail.com
Onrigada :)

Anônimo disse... [Responder comentário]

Patrícia, por favor vc poderia me mandar um email dessa historia, obrigada

Brenda Cardoso disse... [Responder comentário]

Brenda.carfoso@live.com
Me manda essa história por email gostaria de lê-lá

clary disse... [Responder comentário]

oi! fico feliz de ler este resumo em português! fiz um trabalho sobre a obra de Basile pra faculdade anos atrás, e só encontrava informações em inglês... tentei ler o conto em italiano mas achei bem difícil, acabei focando na cinderela pro trabalho... mas creio que Basile não tenha escrito para crianças!
obrigada e parabéns!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Topo